Brasil - Mundo Esporte

Luca Kumahara é autorizado a competir no tênis de mesa masculino

Atleta em transição de gênero recebeu aval da Federação Internacional

  • Data: 09/08/2023 10:08
  • Alterado: 09/08/2023 10:08
  • Autor: Redação
  • Fonte: Agência Brasil
Luca Kumahara é autorizado a competir no tênis de mesa masculino

Luca Kumahara

Crédito:Reprodução Twitter - Gaspar Nóbrega/COB

O brasileiro Luca Kumahara recebeu aval da Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF) para começar a participar de competições masculinas. Nesta terça-feira (8), a decisão da entidade foi comunicada à Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM), que havia feito o pedido de mudança.

A solicitação foi feita ano passado, após o atleta informar à CBTM que iniciara o processo de transição de gênero, começando por adotar Luca como seu novo nome social, nos torneios internacionais, ainda como integrante da equipe brasileira feminina de tênis de mesa.

Por se tratar de um caso inédito de transição de gênero na modalidade em todo o mundo, a entidade internacional precisou montar um grupo de trabalho para analisar o tema. O estudo embasou a decisão anunciada hoje.

“Na ITTF, entendemos que esta transição é um passo significativo em sua jornada e queremos garantir a você que a Federação apoia suas escolhas e decisões. Estamos empenhados em criar um ambiente que promova a inclusão e respeite as identidades individuais”, disse Raul Callin, secretário geral da ITTF, em mensagem de apoio à Kumahara.

O mesa-tenista paulista de 28 anos, que tem no currículo participações em competições femininas nas Olimpíadas de Londres 2012, Rio 2016 e Tóquio 2020, terá os resultados anteriores mantidos em seu histórico no site da ITTF.

A partir de agora, a CBTM fará o pedido oficial de inclusão de Kumahara em competições masculinas, em formulário especial. Após os trâmites burocráticos, o brasileiro estará apto a jogar competições masculinas ao redor do mundo. 

Compartilhar:

  • Data: 09/08/2023 10:08
  • Alterado: 09/08/2023 10:08
  • Autor: Redação
  • Fonte: Agência Brasil









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados