Governo republica decreto sobre Valeixo, agora sem assinatura de Moro

O governo republicou o decreto que tinha saído pela manhã com a exoneração do diretor-geral da PF, Maurício Valeixo, retirando a assinatura de Moro que negou ter assinado o ato

  • Data: 24/04/2020 21:04
  • Alterado: 24/04/2020 21:04
  • Autor: Redação ABCdoABC
  • Fonte: Estadão Conteúdo
Governo republica decreto sobre Valeixo

Na republicação

Crédito:Reprodução

Você está em:

Na republicação, justificada por ter saído com “incorreção” na versão anterior, foi retirado o nome de Sergio Moro como um dos que assinam o ato.

Pela manhã, o decreto que destituía Valeixo do cargo era assinado por Bolsonaro e Moro. Em pronunciamento no qual anunciou o seu pedido de demissão, Moro afirmou que foi pego de surpresa pelo ato e negou que o tenha assinado. Para ele, a demissão de Valeixo foi uma sinalização de que Bolsonaro queria o ministro da Justiça fora do governo.

No novo decreto, publicado agora à noite, além de Bolsonaro, assinam o ato o ministro da Casa Civil, Braga Netto, e o ministro da Secretaria Geral da Presidência da República, Jorge Antônio de Oliveira Francisco.

Compartilhar:
1
Crédito:Reprodução
1
Crédito:Reprodução Na republicação

  • Data: 24/04/2020 09:04
  • Alterado: 24/04/2020 09:04
  • Autor: Redação ABCdoABC
  • Fonte: Estadão Conteúdo









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados