Fenaert repudia ataques a jornalistas durante cobertura

Neste domingo (19), os profissionais de imprensa voltaram a sofrer ataques de apoiadores de Bolsonaro, durante carreata

  • Data: 20/04/2020 15:04
  • Alterado: 20/04/2020 15:04
  • Autor: Redação ABCdoABC
  • Fonte: Estadão Conteúdo
Fenaert repudia ataques a jornalistas durante cobertura

A Fenaert lamenta profundamente os ataques

Crédito:Reprodução/Facebook

Você está em:

As agressões ocorreram durante carreata que pedia o fim do isolamento social devido à pandemia de Coronavírus no QG do Exército, em Brasília. Jornalistas e cinegrafistas das emissoras CNN e Rede Globo, entre outras, foram expulsos do local, onde ocorriam também manifestações que solicitavam intervenção militar e a volta do AI-5.

Os profissionais sofreram ataques verbais e físicos, situação que se repete e que atingiu marcas recordes, conforme relatório da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj).

A Federação Nacional das Empresas de Rádio e Televisão (Fenaert) lamenta profundamente os ataques, repudiando toda e qualquer atitude que prejudique o exercício da profissão e a coleta de informações relevantes e de interesse público. Reitera também o compromisso com a segurança e integridade dos profissionais de imprensa, que desempenham papel fundamental durante a cobertura da pandemia mundial de Coronavírus.

Compartilhar:

  • Data: 20/04/2020 03:04
  • Alterado: 20/04/2020 03:04
  • Autor: Redação ABCdoABC
  • Fonte: Estadão Conteúdo









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados