São Paulo Cultura

Estudantes grafitam muro de diretoria de ensino em dia de Provão Paulista, em SP

Após concurso realizado com 70 mil estudantes de 77 escolas de Cidade Tiradentes, Guaianases, São Mateus, José Bonifácio e São Rafael, são reproduzidas em parceria com grafiteiros da região.

  • Data: 05/12/2023 14:12
  • Alterado: 05/12/2023 14:12
  • Autor: Redação
  • Fonte: Ascom
grafite-sp

Crédito:Divulgação

Na zona leste de São Paulo, o grafite tem sido exaltado pelas escolas estaduais como expressão de experiências sociais e culturais. Como resultado da inserção desse assunto no cotidiano de 70 mil estudantes de 77 escolas estaduais da Diretoria Regional de Ensino Leste 3 apresentaram no último dia 1/12, projetos de grafite selecionados em um concurso promovido na região saem do papel e passarão a decorar os muros e paredes da regional. Para isso, estudantes se uniram a artistas da região.

O evento “Um Dia de Celebração Cultural” foi a culminância da série de ações que as unidades de ensino — localizadas nos bairros Cidade Tiradentes, Guaianases, São Mateus, José Bonifácio e São Rafael— realizaram no mês de novembro, como batalha de rima, apresentações hip hop e fomento à arte e criatividade, que compuseram o concurso de grafite da diretoria de ensino.  

A atividade aconteceu no terceiro dia de aplicação do Provão Paulista, voltado aos estudantes das 1ª e 2ª séries do Ensino Médio. Os alunos premiados no evento foram representados pelos colegas de 3ª série. Os vencedores dos anos finais do Ensino Fundamental também participaram da premiação. 

“O objetivo dessa atividade é o de integrar ainda mais os alunos às escolas, unindo aprendizado e expressão artística, como é o caso do grafite, unindo o tema às atividades pedagógicas. O concurso valoriza as potencialidades dos estudantes da região e faz com que o conhecimento flua com mais intensidade e consistência”, ressalta Eric Vellone Coló, dirigente regional da Leste 3.  

Coló acredita que essa é uma das ações que devem ser somadas para o desenvolvimento social dos estudantes do extremo leste e suas comunidades. “O grafite, como forma de arte urbana, tem o poder de transcender barreiras e dar voz às questões que permeiam a realidade dos jovens”, garante. 

O concurso foi aberto para a participação de todos os estudantes das escolas da região e recebeu 51 inscrições. Cada participante expressou no concurso, de forma única, um pouco sobre suas vivências e perspectivas.  

A seleção das produções que agora estamparão os muros e paredes da diretoria de ensino foi realizada por uma comissão avaliadora, que considerou critérios como criatividade, originalidade, habilidades técnicas e aderência ao tema proposto. No dia 1/12 os vencedores se reuniram a grafiteiros da região para “dar vida” aos projetos que colocaram no papel. 

“O concurso não foi apenas uma competição, mas uma celebração da arte, da cultura e, acima de tudo, dos talentos únicos de cada estudante. É uma ação que não transformou apenas os muros da Diretoria, mas também inspirou toda a comunidade a apreciar a riqueza da expressão artística e a refletir sobre questões importantes que ecoam nas obras dos participantes”, finaliza o dirigente. 

Compartilhar:

  • Data: 05/12/2023 02:12
  • Alterado: 05/12/2023 02:12
  • Redação
  • Ascom









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados