São Paulo Saúde

Dengue: saiba mais sobre a transmissão e os tipos de vírus

Diretor da Divisão de Vigilância de Zoonoses responde perguntas sobre o papel do mosquito Aedes aegypti na propagação da doença

  • Data: 11/03/2024 09:03
  • Alterado: 11/03/2024 09:03
  • Autor: Redação
  • Fonte: Prefeitura de São Paulo
Ações contra a dengue são intensificadas durante esta semana em SP

Aedes aegypti

Crédito:FioCruz

Dentro das estratégias da Prefeitura de São para combater a dengue, a informação ocupa um lugar primordial. Por isso, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) preparou uma série de conteúdos com informações sobre vários aspectos da doença, dos mecanismos da infecção por meio do Aedes aegypti até sintomas, orientações para a busca de atendimento e para controlar possíveis focos de proliferação do mosquito.

Veja a seguir informações do diretor da Divisão de Vigilância de Zoonoses (DVZ) da Coordenadoria de Vigilância em Saúde (Covisa), Eduardo de Masi, sobre a epidemiologia da dengue.

O que é a dengue e como é transmitida?

A dengue é uma doença infecciosa aguda, transmitida por um mosquito. No Brasil ela é transmitida apenas pela espécie Aedes aegypti, que, ao picar pessoas infectadas, passa a atuar como vetor (transmissor) da dengue. Uma das principais características desta espécie é a sua grande capacidade de transmitir doenças para os seres humanos, justamente porque ele vive muito próximo a nós, no ambiente doméstico. Além da dengue, o Aedes aegypti também transmite a Zika, Chikungunya e febre amarela. Essas são as doenças mais conhecidas, mas há outros 160 arbovírus que potencialmente podem ser transmitidos por espécies de mosquitos, muitas delas também pelo Aedes aegypti.

Quantos e quais são os vírus da dengue?

Existem quatro sorotipos do vírus da dengue, DENV-1, DENV-2, DENV-3 e DENV-4. Na cidade de São Paulo, os sorotipos mais presentes, que mais infectam pessoas e mosquitos, são os sorotipos DENV-1 e DENV-2. Se a pessoa adquire dengue por um desses tipos de vírus, ela estará imune contra ele pelo resto da vida. Se tiver dengue pelo sorotipo 1, por exemplo, ela nunca mais irá pegar dengue tipo 1, mas ainda poderá se infectar com o tipo 2, 3 ou 4.

Como é o ciclo de transmissão da dengue?

Para transmitir a doença, o mosquito precisa estar infectado. Isso acontece quando ele pica uma pessoa que está doente, ou seja, infectada com o vírus da dengue. Dentro do corpo do mosquito, esse vírus passa por estágios de reprodução ao longo de vários dias (7 a 10, em média), até chegar à glândula salivar. Então o mosquito passa a transmitir a doença às pessoas que pica. Um mesmo mosquito infectado pode picar várias pessoas em um mesmo dia. A transmissão será sempre pela fêmea do Aedes aegypti, pois ela precisa se alimentar de sangue para maturar os ovos depois de se acasalar. O macho não desempenha nenhum papel na transmissão de doenças, pois não se alimenta de sangue.

Existe algum outro meio de transmissão da dengue, além da picada do mosquito Aedes aegypti? Uma pessoa pode transmitir a doença para outra?

Não existe transmissão de pessoa para pessoa, não pegamos dengue se ficarmos próximos de uma pessoa com a doença, embora existam alguns registros raros de transmissão vertical (gestante-bebê) e por transfusão de sangue. No Brasil, a doença é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti infectado. O mosquito transmite a doença para o ser humano e este a transmite para outro mosquito, que transmite para outras pessoas, ou seja, o mosquito é o vetor do processo, sem ele não há transmissão da dengue. Por isso é tão importante o combate ao Aedes aegypti, principalmente por meio da eliminação dos criadouros.

Compartilhar:

  • Data: 11/03/2024 09:03
  • Alterado: 11/03/2024 09:03
  • Autor: Redação
  • Fonte: Prefeitura de São Paulo









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados