São Paulo Carnaval

“Com que Adinkra que eu vou?” – Celebra a africanidade brasileira no carnaval do Sesc Consolação

Inspirada na simbologia africana Adinkra, a programação de carnaval terá cortejos, fanfarra, oficinas de confecção de máscaras, de abadás e arranjos de cabeça, alegria, folia e muito mais

  • Data: 18/01/2024 10:01
  • Alterado: 18/01/2024 10:01
  • Autor: Redação
  • Fonte: Sesc Consolação
Adinkra

Adinkra

Crédito:Victor Tongdee

carnaval deste ano chegará mais cedo e o Sesc Consolação já preparou uma programação festiva para crianças de todas as idades e suas famílias. Serão quatro dias de folia: 10, 11, 12 e 13 de fevereiro (sábado a terça), das 12h às 17h, no Ginásio Vermelho lembrando que na Quarta-Feira de Cinzas a unidade estará fechada. E para entrar no clima de carnaval, a programação começa no dia 20 de janeiro, com o pré-carnaval, e se estenderá até 29 de fevereiro. A entrada é gratuita. 

O tema do Carnaval é “Com que Adinkra que eu vou?“, inspirado na arte adinkra, um conjunto de símbolos e ideogramas pertencente ao povo Ashanti, atualmente localizado principalmente em Gana, Burkina Faso e Togo, países da África Ocidental; os adinkra, utilizados em tecidos, cerâmica e outros objetos. Tais elementos expressam a sabedoria, valores morais e provérbios da história oral da cultura Ashanti que influenciou e pode ser vista na arte, arquitetura e vestimentas no Brasil. 

Com que Adinkra que eu vou?” nos conecta com nossas raízes brasileiras de origens africanas. Esses símbolos estão presentes em outros lugares do globo, principalmente em consequência da diáspora africana; o tema nos ajuda a ressignificar a diáspora. Tudo isso repleto de musicalidade, imaginação e a dança, que não podem faltar nesse festejo!

O público ainda pode lançar mão da criatividade e eleger um símbolo adinkra para estampar sua fantasia de carnaval, escolhendo o significado que irá trajar-se nessa brincadeira vibrante. 

DURANTE O CARNAVAL  

O público poderá aproveitar diversas atrações: cortejos, fanfarra, oficinas, aulas abertas de ritmos, badminton samba, além de uma programação complementar que inclui espetáculos teatrais, cinema para crianças e um espaço de brincar para pequenos até 6 anos. 

Quatro oficinas serão oferecidas das 12h às 15h, dialogando com os adinkra e seus significados: adereços e mini estandartes, make de carnaval, máscaras africanas, confecção de abadás, de arranjos de cabelos e construção de xequerês; para participar, será necessária a retirada de senhas. As oficinas irão acontecer no Ginásio Vermelho em um ambiente sonoro mixado pelas mulheres DJ´s do projeto TPM (Todas Podem Mixar).

Após as oficinas às 15h acontecerão os cortejos de carnaval, com seus diferentes sons e ritmos, como o Afoxé Amigos do Katendê, , que abrem o carnaval do Sesc Consolação com percussão, canto e dança no dia 10/2, sábado; no dia 11/2, domingo, apresenta-se a fanfara Elas Musicalmente Viajantes, com a Cia. Mar de Teatro, que estreia um projeto composto por mulheres musicistas e atrizes que homenageiam compositoras e intérpretes do nosso país; às 16h a Folia do Mauí traz bonecões de rua e a música da cultura popular tradicional, como jongo e o carimbó; dia 12/2, segunda-feira, às 15h, o Bloco de Pífanos de São Paulo apresenta repertório carnavalesco inspirado no sertão nordestino; às 16hé a vez do Bloco das Emílias e Viscondes, tradicional da Vila Buarque, que homenageia os personagens de Monteiro Lobato. No dia 13/2, terça, o encerramento do carnaval acontece com a apresentação, às 15h, do Grupo Batekerê, bloco afro inspirado nos blocos de rua da Bahia. 

No dia 13/2 o Instrumental Sesc Brasil recebe, às 19h, a percussionista Silvanny Sivuca com a Bateria Feminina, que se apresenta com um repertório autoral e de músicas carnavalescas. 

PRÉ E PÓS-CARNAVAL  

A partir de 20 de janeiro o Sesc Consolação promoverá as oficinas de Estandartes Carnavalescos, Máscaras Geledés, Fantasias em Macramê e o Ateliê Carnavalizar, com experimentações artísticas. No dia 28, o baterista Digão Braz apresenta o show “Carnaval Jazz Brasil” às 16h, e realiza, entre 31/1 e 2/2, uma vivência de Escola de Samba

No pós-carnaval, dia 17/2, o Bloco das Emílias e Viscondes realiza às 14h uma vivência de bateria mirim e às 16h mais uma folia na convivência da unidade;dia 24/2 apresenta-se o cantor André Luis e Samba da Chibata para rememorar sambas-enredos. E, no dia 29/2 é a vez dos foliões da terceira idade ganharem uma programação especial com o mestre-sala Gabi, acompanhado da porta-bandeira Vivi Soberana, que contará histórias de sua vida nas escolas de samba e ensinará alguns passos, encerrando com uma apresentação da dupla de sambistas. 

Confira os detalhes de toda a programação no site do Sesc.

Sesc Consolação   

Rua Dr. Vila Nova, 245, Vila Buarque, São Paulo     

Metrô Higienópolis-Mackenzie   

Compartilhar:

  • Data: 18/01/2024 10:01
  • Alterado: 18/01/2024 10:01
  • Redação
  • Sesc Consolação









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados