São Paulo Segurança

Baixada Santista registra o menor número de roubos da história em fevereiro

Registros de assaltos e de furtos caíram nos municípios da região

  • Data: 25/03/2024 19:03
  • Alterado: 25/03/2024 19:03
  • Autor: Redação
  • Fonte: SSP
PM ainda não forneceu imagens de câmeras dos policiais que atuaram em Guarujá

Crédito:Rovena Rosa/Agência Brasil

A Baixada Santista registrou queda nos principais indicadores criminais em fevereiro na comparação com o mês anterior. Com isso, os roubos em geral e os roubos de veículos atingiram o menor número da série histórica para o segundo mês do ano. Os furtos no geral e os furtos de veículos também tiveram redução no mês passado.

Conforme o balanço da Secretaria da Segurança Pública (SSP), em fevereiro, os municípios da região contabilizaram 852 roubos, que incluem os casos em geral, de cargas e a bancos. Essa é a menor quantidade de delitos para o período desde o início da série histórica, em 2001.

Na comparação com janeiro deste ano, a região registrou 1.175 delitos, uma redução de 27,4% nos roubos nos 24 municípios. Já os furtos, que incluem os casos em geral e de carga, passaram de 3.042 para 2.526, ou seja, uma redução de 16,9% de um mês para o outro.

Os furtos de veículos tiveram redução em fevereiro de 21,1%, passando de 326 registros em janeiro para 257 no mês passado. Os roubos de veículos totalizaram 65 ocorrências, três casos a menos, o menor número apurado para o mês pela SSP desde o início do monitoramento para fevereiro.

Roubos de veículos têm o menor número em mais de 20 anos no bimestre

No bimestre, os crimes patrimoniais também tiveram redução no acumulado na Baixada Santista. As quedas nos roubos de veículos chegaram a 24%, passando de 175 para 133 em janeiro e fevereiro de 2024. Esse é o menor patamar considerando os dois meses desde o início da série histórica, em 2001.

Já os furtos de veículos apresentaram uma variação de 4,7% (583), com 26 delitos a mais.

Os roubos em geral, que no bimestre do ano anterior totalizaram 2.502, caíram para 2.027, ou seja, 19% a menos, o menor número desde 2002 na região. As forças de segurança que atuam na região evitaram 646 furtos no bimestre deste ano, uma queda de 10,4% em comparação com igual período de 2023.

Ao somar os dois meses, a quantidade de drogas apreendidas chegou a uma tonelada, 41,6% a mais que no mesmo período de 2023. Só de cocaína ou pasta-base, a polícia apreendeu 445 quilos. Além disso, 290 armas de fogo ilegais foram retiradas das ruas, praticamente o dobro do período no ano passado.

No bimestre houve 22 homicídios dolosos, três a menos que no ano anterior. A polícia ainda registrou dois latrocínios (roubos seguidos de morte) — no ano passado foram quatro casos.

As ações na Baixada Santista também refletiram no número de infratores presos ou apreendidos. Nos dois primeiros meses do ano, 2.158 pessoas foram detidas, sendo que 831 eram foragidas da Justiça.

Em fevereiro, polícia apreende mais de 600 quilos de drogas

A ação ostensiva da Polícia Militar e o trabalho investigativo da Polícia Civil conseguiram tirar de circulação 612 quilos de drogas só no mês de fevereiro em toda a Baixada Santista. Do volume total apreendido, 372 quilos foram de cocaína, o que representa um impacto financeiro para as organizações criminosas.

Ainda no período, os agentes apreenderam 187 armas de fogo ilegais. O total de presos e apreendidos foi de 950 infratores.

Compartilhar:

  • Data: 25/03/2024 07:03
  • Alterado: 25/03/2024 07:03
  • Autor: Redação
  • Fonte: SSP









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados