Aumento de acidentes relacionados a fogos de artifício durante as festas juninas preocupa especialistas

A maioria das queimaduras ocorre por manuseio inadequado de produtos, nesses casos os cuidados devem ser imediatos

  • Data: 12/06/2024 14:06
  • Alterado: 12/06/2024 14:06
  • Autor: Redação
  • Fonte: Vuelo Pharma
queimaduras-fogos-artificio

Fogos de artifício

Crédito:Marcelo Casal Jr/Agência Brasil

Você está em:

Nos meses de junho e julho, o Brasil celebra a tradicional festa de São João, um evento repleto de fogos de artifício, fogueiras e balões, muitas vezes manuseados sem orientação adequada. Observa-se um aumento significativo nos índices de atendimento por queimaduras em todo o país durante este período.

Estima-se que o Brasil registre aproximadamente 1 milhão de acidentes com queimaduras anualmente. Desses, 100 mil vítimas procuram assistência hospitalar e cerca de 2,5 mil acabam falecendo, direta ou indiretamente, em decorrência das lesões.

Segundo Andrezza Silvano Barreto, enfermeira da Vuelo Pharma e especialista no tratamento de queimaduras e lesões de pele, a maioria dos acidentes ocorre por manuseio inadequado de produtos que causam queimaduras.

“É preciso máxima atenção ao lidar com fogo, fogos de artifício e alimentos quentes, principalmente na presença de crianças. Inúmeros são os casos de crianças e bebês que se queimam com líquidos quentes, como o quentão e a canjica. Estas queimaduras podem ser profundas e extremamente dolorosas”, ela adverte.

Quando se trata de fogos de artifício e produtos químicos, a especialista enfatiza a importância da leitura das instruções. “É crucial seguir as recomendações do fabricante, pois os produtos químicos podem causar queimaduras severas, explosões e até levar à morte”, destaca Andrezza.

Em caso de queimaduras, a orientação é lavar o ferimento com água corrente, evitar cobrir a área afetada, não aplicar nada além de água e procurar assistência médica para casos mais sérios. “A aplicação de pomadas, pasta de dente, ervas e similares não é recomendada, pois pode agravar a queimadura”, ressalta.Para o tratamento pós-queimadura, Andrezza recomenda o uso de um curativo à base de celulose que atua isolando as terminações nervosas e minimizando a dor.

“A Membracel, produto de tecnologia 100% nacional, desenvolvida pela Vuelo Pharma, é de fácil acesso, disponível online e em farmácias. Além de oferecer um ótimo custo-benefício, o produto acelera a regeneração da pele. É considerado o curativo do futuro pela sua alta eficácia no tratamento de queimaduras”, afirma ela.

Compartilhar:

  • Data: 12/06/2024 02:06
  • Alterado: 12/06/2024 02:06
  • Autor: Redação
  • Fonte: Vuelo Pharma









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados