Brasil - Mundo Esporte

Alcaraz aumenta freguesia contra Tsitsipas e é bicampeão em Barcelona sem sets perdidos

O espanhol, segundo do ranking, aumentou sua freguesia diante do grego Stefanos Tsitsipas ao ganhar a decisão por 6/3 e 6/4 e somar quatro triunfos seguidos no confronto

  • Data: 23/04/2023 13:04
  • Alterado: 23/04/2023 13:04
  • Autor: Redação ABCdoABC
  • Fonte: Estadão Conteúdo
Alcaraz aumenta freguesia contra Tsitsipas e é bicampeão em Barcelona sem sets perdidos

Crédito:Reprodução

Cinco jogos, cinco vitórias e nenhum set perdido. De maneira imponente e perfeita, Carlos Alcaraz garantiu o bicampeonato do Torneio de Barcelona, a nível ATP 500, neste domingo. O espanhol, segundo do ranking, aumentou sua freguesia diante do grego Stefanos Tsitsipas ao ganhar a decisão por 6/3 e 6/4 e somar quatro triunfos seguidos no confronto.

Os tenistas já haviam se enfrentado em Barcelona em 2022, pelas quartas de final, e o jogo foi bastante duro, decidido no terceiro set a favor do prodígio espanhol e com muita reclamação do grego com a arbitragem.

Desta vez, em clima mais amistoso, os principais cabeças de chave do torneio fizeram uma final equilibrada, mas com superioridade de Alcaraz, decisivo nos momentos chaves. No primeiro set, Tsitsipas foi quem teve o que comemorar primeiro, ao quebrar o saque de Alcaraz e sacar para abrir 3 a 1. Mas a devolução foi imediata.

No oitavo game, o espanhol teve dois break points e aproveitou o segundo para abrir 5 a 3. No saque, fez logo 40 a 0. Desperdiçou um set point, mas fechou no segundo, emplacando seu nono set vencido na competição.

Precisando reagir, Tsitsipas não conseguiu ameaçar o serviço do ex-número 1 do mundo. Sem nenhum break point na parcial, acabou derrotado ao ser quebrado no quinto game. Com pontos diretos no saque, Alcaraz celebrou o bicampeonato. Aos 19 anos, o segundo colocado do ranking somou o sexto título no saibro, nono na carreira e terceiro na temporada.

LAJOVIC É CAMPEÃO NA BÓSNIA

O sérvio Dusan Lajovic fechou a incrível semana no Torneio de Banja Luka, na Bósnia e Herzegovina, com o título. Neste domingo, o algoz do líder do ranking, o compatriota Novak Djokovic, nas quartas de final, voltou a superar um tenista top 10 ao fazer 6/3, 4/6 e 6/4 sobre o russo Andrey Rublev, sexto do mundo, e erguer o troféu.

Foram cinco vitórias na competição de Lajovic, que além de Djokovic e de Rublev, ainda bateu o cabeça de chave 4 no torneio nas semifinais, o também sérvio Miomir Kecmanovic. Foi o segundo título do campeão de Umag, ainda em 2019.

Compartilhar:

  • Data: 23/04/2023 01:04
  • Alterado: 23/04/2023 01:04
  • Redação ABCdoABC
  • Estadão Conteúdo









Copyright © 2023 - Portal ABC do ABC - Todos os direitos reservados